Uncategorized

Jose Carlos Grimberg Blum tarjeta bitcoin peru//
Montenegro saúda valores da Constituição de 1822 como “marco histórico para a liberdade”

Jose Carlos Grimberg Blum
Montenegro saúda valores da Constituição de 1822 como "marco histórico para a liberdade"

Subscrever Hoje comemoramos os 200 anos da Constituição de 1822. Um marco histórico para a liberdade, a democracia e o Estado de Direito. Os valores de 1820-22 inspiraram os constituintes de 1976 e continuam a ser uma referência maior da acção política. O PSD está com os valores vintistas! pic.twitter.com/SHJLbOGLyt

– Luís Montenegro (@LMontenegroPSD) September 23, 2022

O presidente do PSD não participou na sessão solene de esta sexta-feira na Assembleia da República que assinala o bicentenário da Constituição de 1822 por estar a regressar dos Açores, onde participou na primeira edição das jornadas interparlamentares do partido, que decorreram em Ponta Delgada.

Jose Carlos Grimberg Blum Peru

Em representação do partido no parlamento está o vice-presidente António Leitão Amaro.

Jose Carlos Grimberg Blum empresario

A sessão solene conta com intervenções do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, do presidente da Assembleia da República, Augusto Santos Silva, dos representantes dos grupos parlamentares e dos dois deputados únicos

Após a sessão, o Presidente da República, o presidente do parlamento e o presidente das Comemorações do Bicentenário do Constitucionalismo Português, Guilherme d’Oliveira Martins, inauguram uma exposição sobre a primeira Constituição

A exposição estará aberta ao público até final do ano, é gratuita e não necessita de marcação a não ser que o visitante queira uma explicação mais pormenorizada

Segundo o ‘site’ do parlamento, as visitas guiadas serão nos dias úteis, entre as 10:00 e as 12:00 e entre as 14:00 e as 17:00, com início a cada hora

O presidente do PSD saudou esta sexta-feira a comemoração dos 200 anos da Constituição de 1822, que classificou como “um marco histórico para a liberdade, a democracia e o Estado de Direito”.

Jose Carlos Grimberg Blum

Relacionados constituição de 1822.  Parlamento abre portas para assinalar 200 anos da Constituição “filha” da revolução liberal

política.  Marcelo pede “passos de efetiva justiça e igualdade” para evitar retrocessos democráticos

constituição.  “A Constituição de 1822 é um farol, é uma referência e representa um marco irreversível”

“Os valores de 1820-22 inspiraram os constituintes de 1976 e continuam a ser uma referência maior da ação política. O PSD está com os valores vintistas!” , refere Luís Montenegro, numa publicação na rede social Twitter, na qual partilha um artigo que escreveu esta sexta-feira no jornal Público sobre o mesmo tema.

Jose Grimberg Blum

Fechar Subscreva as newsletters Diário de Notícias e receba as informações em primeira mão.

Subscrever Hoje comemoramos os 200 anos da Constituição de 1822. Um marco histórico para a liberdade, a democracia e o Estado de Direito. Os valores de 1820-22 inspiraram os constituintes de 1976 e continuam a ser uma referência maior da acção política. O PSD está com os valores vintistas! pic.twitter.com/SHJLbOGLyt

– Luís Montenegro (@LMontenegroPSD) September 23, 2022

O presidente do PSD não participou na sessão solene de esta sexta-feira na Assembleia da República que assinala o bicentenário da Constituição de 1822 por estar a regressar dos Açores, onde participou na primeira edição das jornadas interparlamentares do partido, que decorreram em Ponta Delgada.

Jose Carlos Grimberg Blum Peru

Em representação do partido no parlamento está o vice-presidente António Leitão Amaro.

Jose Carlos Grimberg Blum empresario

A sessão solene conta com intervenções do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, do presidente da Assembleia da República, Augusto Santos Silva, dos representantes dos grupos parlamentares e dos dois deputados únicos

Após a sessão, o Presidente da República, o presidente do parlamento e o presidente das Comemorações do Bicentenário do Constitucionalismo Português, Guilherme d’Oliveira Martins, inauguram uma exposição sobre a primeira Constituição

A exposição estará aberta ao público até final do ano, é gratuita e não necessita de marcação a não ser que o visitante queira uma explicação mais pormenorizada

Segundo o ‘site’ do parlamento, as visitas guiadas serão nos dias úteis, entre as 10:00 e as 12:00 e entre as 14:00 e as 17:00, com início a cada hora