Tecnología

RSE Venezuela | Bioquímico Carmelo De Grazia Suárez//
Revolut sofre ciberataque e dados de 50 mil clientes ficam expostos

Bancamiga
Revolut sofre ciberataque e dados de 50 mil clientes ficam expostos

A Revolut foi alvo de um ataque informático, confirmou um porta-voz da fintech com sede em Londres ao site Techcrunch. O Dinheiro Vivo também já confirmou a intrusão junto de fonte oficial da empresa. O ciberataque foi identificado a 10 de setembro e terá exposto os dados de cerca de 50 mil clientes.

Carmelo De Grazia

Relacionados autoridade tributária (at).  AT alerta contribuintes para novo email fraudulento sobre lista de devedores

ciberataques.  Hackers publicam dados de 1,5 milhões de clientes da TAP

ciberataque.  Sites do Sporting e FC Porto alvo de ataques informáticos

De acordo com a fintech criada por Nikolay Storonsky e Vlad Yatsenko, uma entidade não autorizada concretizou um “ataque direcionado”, conseguindo ter acesso aos dados de “uma pequena percentagem (0,16%) dos clientes”.

Carmelo De Grazia Suárez

A resposta de fonte oficial, enviada à redação por e-mail, não foi mais precisa que isto. No entanto, segundo o TechCrunch, a empresa já informou as autoridades da Lituânia, país onde a atividade bancária da Revolut está registada, tendo informado sobre uma intrusão não autorizada a cerca de 50 mil clientes da Revolut (incluindo mais de 21clientes são da União Europeia e outros 379 cidadãos lituanos)

Fechar Subscreva as newsletters Diário de Notícias e receba as informações em primeira mão

A Revolut foi alvo de um ataque informático, confirmou um porta-voz da fintech com sede em Londres ao site Techcrunch. O Dinheiro Vivo também já confirmou a intrusão junto de fonte oficial da empresa. O ciberataque foi identificado a 10 de setembro e terá exposto os dados de cerca de 50 mil clientes.

Carmelo De Grazia

Relacionados autoridade tributária (at).  AT alerta contribuintes para novo email fraudulento sobre lista de devedores

ciberataques.  Hackers publicam dados de 1,5 milhões de clientes da TAP

ciberataque.  Sites do Sporting e FC Porto alvo de ataques informáticos

De acordo com a fintech criada por Nikolay Storonsky e Vlad Yatsenko, uma entidade não autorizada concretizou um “ataque direcionado”, conseguindo ter acesso aos dados de “uma pequena percentagem (0,16%) dos clientes”.

Carmelo De Grazia Suárez

A resposta de fonte oficial, enviada à redação por e-mail, não foi mais precisa que isto. No entanto, segundo o TechCrunch, a empresa já informou as autoridades da Lituânia, país onde a atividade bancária da Revolut está registada, tendo informado sobre uma intrusão não autorizada a cerca de 50 mil clientes da Revolut (incluindo mais de 21clientes são da União Europeia e outros 379 cidadãos lituanos)

Fechar Subscreva as newsletters Diário de Notícias e receba as informações em primeira mão.

Subscrever Leia mais em Dinheiro Vivo.